É triste... E é verdade...



A lei está aí para ser cumprida. Lei é lei. Infelizmente a nossa lei está um pouco antiga, não? E infelizmente não há muito que fazer, pelo menos, para nós cidadãos que dependemos da boa vontade dos nossos “representantes”. E cá para nós, tenho a leve impressão que vai demorar. Não tenho bola de cristal, nem sou sensitiva. Mas as notícias diárias me fazem crer que a “nossa” lei foi feita para poucos, enquanto que a maioria fica a mercê do “diz me disse” e fica por isso mesmo.

Em muitos casos Brasil afora, vemos pessoas condenadas por engano, defensoria falha, advogados (há exceções) corruptíveis. Mas também, o que fazer se tudo nesse país está meio assim fora do normal?

A gente fica olhando o circo montado e temos a impressão que eles devem achar que nós brasileiros somos os “cornos mansos”, “mulher de malandro” entre outros. Na verdade, acho que me sinto meio “corna” desse país, que vive me traindo, se contradizendo e sempre me decepcionando.

Igual a mim tem aos montes em cada canto desse país, isoladamente ou em conjunto dão uma “xingadinha” quando assistem alguns “urubus” renunciarem da “carniça” e com a cara mais lavada do mundo, voltar quatro ou dez anos depois, que seja, mas sempre voltam.

Esse ano é ano de eleição. A urna não é lixeira, na verdade, use-a para tirar o lixo acumulado do Congresso. Já passou da hora, o cheiro já tomou conta e o fedor é insuportável.

Tenho a impressão de que a auto-estima do brasileiro tem a profundidade de um penhasco, lá em baixo. E às vezes tenho a impressão de que o Brasil não está à beira do penhasco, já deu um passo à frente faz tempo.


9 Responses
  1. Lou Witt Says:

    Eitaaaaa

    mas isso é uma grande verdade!!!

    beijossss


  2. entremares Says:

    Juliana...

    Temo que o que vês não se aplica só ao Brasil. E em Portugal... quanto mais sabemos... mais sobra aquela sensação desagradável na boca de saber... que a podridão alastra, que começa quase a ser "estranho" ser honesto...

    E se alguém consegue algo por seu próprio mérito, já vai sendo até dificil acreditar...

    Triste, não é?

    Beijos, amiga, cá deste lado do mar.
    Rolando


  3. Juliana,

    A convite do entremares vim visitar o teu blog. Li: É triste...E é verdade; Reticências e Eu, eu mesmo e o computador... Mais que merecida a homenagem que o Rolando te fez. Concordo em gênero, número e grau com o último texto lido... Voltarei mais vezes e com mais calma. Os afazeres me chamam. Bjs


  4. Chica Says:

    Adorei conhecer o teu blog.Vim lá do Rolando e devo te dizer que espero que oas brasileiros lembrem bem que a urna não é pinico nem lixeira...O pior é que as opções ...bem, é melhor nem falar agora,rsrssrrs...beijos,chica


  5. Jane Prado Says:

    Sua revolta é minha também! Bjs guria!


  6. Ivan Mendes Says:

    Falar nunca é demais. E falar coisa certa como vc sempre é válido!

    Gosto muito do seu blog!


  7. Joel Says:

    Poxa querida são tantas coisas a serem ditas sobre esse circo armado né?

    Pena q os palhaços não tem a menor graça!

    BEIJOS MIL!


  8. Blog da Nana Says:

    Adorei amiga, e me sinto bem assim em relação ao meu amado país, que apesar de ama-lo me entristece muito. Já escrevi um dia e repito "NÃO MORRO SEM VER UMA ELEIÇÃO BOICOTADA" sabe tipo ninguém vota! mas ninguém meeeeesmo, não seria muito lindo????

    Muito bom seu Post!!!
    Beijos


  9. Rodirgo Says:

    Cara Julina,

    Em nosos país, como ja se dizia na epóca do império, "o partido que sobe entrega o programa de oposição ao partido que desce e recebe deste o programa do governo". Cabe a nós, povo, garantir que os nossos representates, escolhidos por nós, cumpram com o seu dever. A verdade, infelizmente, é que não puxamos o gatilho, mas com a nossa inércia colaboramos com o assassinato do Brasil.
    As leis podem até ser antigas, mas não estão defasadas. São perfeitas em sua essência. Caso nasçam viciadas de alguma forma, meios existem para que sejam banidas do nosso ordenamento jurídico. Entretanto, como bem canta Zé Ramalho, "uma elite sem Deus é quem domina" e esta elite retira do povo os meios necessários para se libertar,deixando-o entorpecido, discutindo futebol, conversando sobre o Big Brother e vendo novelas que se repetem. O "pão e o circo" nunca deixaram de existir, apenas se adaptaram a contemporaneidade. No que tange este ponto, deve-se recordar os ensinamentos maquiavélicos: "aquele que não gosta de política é dominado por aquele que gosta."
    Fomos encarçerados em nossa própria Democracia e nem nos tocamos.
    Mas ainda existem por ai pessoas que acreditam na Justiça, e mesmo que não seja noticiado tão avidamente quanto um assalto ou um homicídio, essas pessoas procuram fazer deste páis um lugar que possa ter ao menos um pouco de dignidade. A esperança é que com o tempo o Gigante que se encontra adormecido possa despertar e consiga finalmente trazer ordem e progresso para que possamos nos tornar a nação que podemos e devemos ser.

    É NÓS NO SHOW DO GUNS EM ABRIL!!!!

    É NÓS NO SHOW DO GUNS EM ABRIL!!!